Festividade do Conjunto Jardim do Senhor

Eu indico!

Festividade do Conjunto Jardim do Senhor (2011)

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Alfabeto para colorir



























00portala&eSabia que…

O Alfabeto é o conjunto de símbolos que representam os sons de uma língua

“Alfabeto” é uma palavra de origem grega (alphabetos), através do latim (alphabetum), constituída pelas duas primeiras letras do alfabeto grego (alfa e beta, correspondentes às nossas letras A e B, respectivamente).

O alfabeto em uso na língua portuguesa é o alfabeto latino, também conhecido como alfabeto romano, do qual se usam 23 + 3 letras: A – B – C – D – E – F – G - H – I - J – L - M – N – O – P – Q – R – S – T – U – V – X – Z (+ K, W, e Y)

As 21 consoantes do alfabeto latino foram criadas pelos antigos fenícios, e as vogais foram posteriormente criadas pelos gregos por volta do século IV a.c.

O alfabeto fenício que parece baseado na escrita do proto-Sinai (anterior ao séc. XV a.C.), com uma antiguidade de 3 000 anos foi o alfabeto antigo mais difundido. Era constituído por cerca e vinte e dois signos.

A partir do séc. X a.C., foi adoptado pelos Arameus, que o transmitiram aos Nabateus, Sírios, Persas e Hebreus.

Por volta do séc. VIII a.C., o alfabeto fenício foi adoptado pelos Gregos, que o aperfeiçoaram, introduzindo-lhe a notação dos sons vocálicos. Inicialmente, a escrita orientavam-se da direita para a esquerda, sendo posteriormente mudada, alinhando-se da esquerda para a direita. O alfabeto grego clássico do séc. VI a.C., compõe-se de vinte e quatro letras, vogais e consoantes.

Na Idade Média, a partir do alfabeto grego, formaram-se: o alfabeto gótico e os alfabetos eslavos.

A partir do alfabeto etrusco e outras escritas itálicas formou-se o alfabeto latino, cujos primeiros documentos datam de final do séc. VII a.C. e princípios de VI a.C. Por volta do séc. I a.C., o alfabeto latino contem vinte e três letras.

Nota:

Na realidade, todos os alfabetos têm uma origem comum: o alfabeto do País de Canaan (que foi abusivamente chamado de alfabeto Fenício pelos gregos, por lhes ter chegado ao conhecimento pelos mercadores fenícios).

Anteriormente ao alfabeto dito “Fenício”, ao qual se deveria chamar de “alfabeto de canaan”, existia uma escrita alfabética do proto-Sinai, cujas letras eram representadas por desenhos. As letras, pela sua forma relembram o objecto ou ser que lhes deu o nome. Por exemplo, aleph é representado por uma cabeça de boi

A escrita hebraica antiga provém directamente da escrita proto-sinai.

A palavra “alfabeto” tem uma origem religiosa.

Na religião egípcia, a parte mais importante da alma era o Ab ou Ib ou coração.

O termo ab ou ib foi utilizado pelos hebreus para denominar a divindade máxima: Deus.

Ab são as 2 primeiras letras tanto do grego, quanto do alfabeto hebraico:

---Alfabeto grego:

a=alpha

b=beta

---Alfabeto hebraico:

a=aleph (que significa pai)

b=bet ou beth (que significa útero ou casa – morada)

Aleph e Beth representam a fonte da criação e geração

A junção das duas letras compõe a palavra alfabeto, ou A Palavra, ou o Verbo ou o próprio Deus, ou, numa concepção hebraica, pai e mãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário